CMPNo Conservatório de Música do Porto o ano lectivo 2013/2014 termina com a Semana Cultural. Esta oferece a toda a comunidade escolar, em particular, e ao público em geral, a oportunidade de assistir a diversas actividades e concertos, entre os quais, estarão dois concertos nos quais terei o privilégio de participar, designadamente:

11 de Junho, às 21h30, no Auditório do CMP

Concerto pelo “Quarteto Assai” (Cândida Oliveira, Clarinete; Hugo Ribeiro, Oboé; Lurdes Carneiro, Fagote; Marco Pereira, Flauta Transversal)

E. BOZZA | J. FRANCAIX | F. LAPA (estreia) | H. VILLA-LOBOS


13 de Junho, às 16h00, no Pequeno Auditório do CMP

Concerto de “Música Antiga ” (Olavo Barros & Marco Pereira, Traverso; Sofia Nereida, Cravo; Inês Coelho, Violoncelo Barroco)

J. S. BACH | C. P. E. BACH

Espero contar com a vossa presença.

Obrigado!

 

Lançamento na ESMAE – Porto, 11 de Fevereiro

Lançamento da edição impressa na ESMAE-Porto no dia 11, convidados: Quarteto Assai, Abel Pereira e Nuno Pinto.

Ver mais em http://www.dacapo.pt/

1011804_635287096530810_1303375919_n

8.ª EDIÇÃO

Organizado pelo Teatro de Vila Real e pelo Teatro Municipal de Bragança, este é um festival que se constitui também como um roteiro turístico e cultural, com três objectivos fundamentais: proporcionar um acesso descontraído à música erudita, descentralizar geograficamente a oferta de espectáculos e dinamizar espaços de interesse histórico, arquitectónico e cultural. Os concertos decorrem durante o mês de Janeiro sob o mote “música séria para gente divertida”.

Na edição de 2014 serão realizados 38 espectáculos distribuídos pelos diferentes palcos e pelas diferentes secções do festival. Além dos concertos em auditório para o público em geral, serão apresentados espectáculos para públicos escolares ou infantis — os Concertinhos, actividades com intenção lúdico-pedagógica. A rubrica Café Vienense oferece, em simultâneo, concertos em quatro cafés do centro histórico de Vila Real, nas manhãs dos últimos três sábados de Janeiro. O Santuário de Panóias, Monumento Nacional desde 1910, será uma dos locais a visitar este ano pelo FAN.

A programação complementar inclui a peça de teatro musical “A revolução dos que não sabem dizer nós”, uma co-produção ACE/Teatro do Bolhão + 1.ª Avenida, e o programa de Anne Teresa De Keersmaeker, pela Companhia Nacional de Bailado, com música de Debussy, Beethoven e Schoenberg.

FAN 2014

Desde 2011 que Cândida Oliveira e Marco Pereira exploram o repertório existente para clarinete e flauta. A fusão destes instrumentos abrange vários períodos da música erudita, numa formação de música de câmara pouco explorada, mas com um vasto número de obras originais. Pretende-se com este concerto dar a conhecer algumas dessas obras.

Marco Pereira_Cândida Oliveira

21 DEZ

Santarém | Círculo Cultural Scalabitano

Marco Pereira | Flauta

Cândida Oliveira | Clarinete

KOECHLIN | VILLA-LOBOS | JOLIVET | MUCZYNSKI

Entre os dias 17 e 21 de Setembro decorreram no Conservatório de Música do Porto os “Encontros Luso-Brasileiros de Flauta”. Estes resultaram da vontade de aproximação de uma classe de músicos que, nem sempre, tem sido capaz de reunir todo o seu talento. Desta vez, durante cinco dias intensos, todos remamos no mesmo sentido e criamos momentos de grande valor artístico e pedagógico.

Certamente que nestes eventos há sempre quem se empenhe esforçadamente para que tudo aconteça: -todos esses, dando um pouco mais de si, já sentiram o benefício de encontrar e reencontrar amigos, de partilhar um palco, de ouvir boa música e de aprender com a experiência. Contudo, não é demais agradecer aos mentores deste evento e, de uma maneira geral, a todos os que contribuíram para a sua realização:

Luís Meireles, Maria José Souza Guedes, Sara Caldeira, Alberto Jorge, Sofia Ribeiro,Filipe Moço, Celso Woltzenlogel, Rogério Wolf, Ana Maria Ribeiro, Vasco Gouveia, Gil Magalhães, Rute Cruz, Daniela Anjo, Sílvia Cancela, Cristina Silva, Ana Catarina Costa, Eva Morais, Fernando Marinho, Olavo Barros, Anabela Freire, Monika Streitová,  Ana Rita Oliveira, Alexandra da Costa Marquez, Ana Isabel Silva, Aranda Teixeira, Ana Luísa dos Santos Silva Ribeiro, Ana Rita Azevedo, Beatriz da Silva Baião, Beatriz Isabel da Silva Só Alves, Bruno Miguel Tavares Pinheiro, Carlos Miguel Lopes de Araújo, Cristiana Acciaiuoli Catalão Azenha, Cristiano Marques, Diogo André Soares Ferreira, Eliana Santos Ribeiro, Elsa Daniela Ferreira da Costa, Inês Pinto, Isabel da Cunha de Sousa, Isabel Santos, Janete Silva, Joana Beatriz Cardoso Teixeira, Joana Nolasco, José Manuel Ramos Ferreira, Liliana Marinho Mendes, Luís Manuel Lopes de Vasconcelos, Mariana Coelho, Mariana Paiva, Miguel Alexandre da Rocha Teixeira, Paulo Daniel de Jesus Bastos, Ricardo Manuel Teixeira de Pinho, Teresa Sousa Branco Tomás da Costa, Vasco Albano Afonso Carvalho, Vasco Pereira de Sousa, Xavier Pinheiro Santos, entre outros.

DSC_0231

Os “Encontros Luso-Brasileiros de Flauta” foram um momento único, a recordar e a repetir. Para mim, estes representam simbolicamente um regresso a casa (Conservatório de Música do Porto) e o início de uma importante etapa como professor desta escola.

No próximo dia 21 de Junho irão realizar-se no Auditório Padre António Vieira – Caldas da Saúde, dois Concertos pelas Orquestras e Coros Infantil e Juvenil do Médio Ave. No segundo concerto (21h15), terei a oportunidade de tocar com a Flautista Elisa Trigo, o concerto para duas flautas de A. Vivaldi.

No terminar de mais um ano lectivo, na sua vertiginosa correria entre aulas, avaliações e reuniões, a preparação deste concerto, a partilha de experiências com todos os seus intervenientes, e a boa disposição que as leituras deste compositor sempre nos trazem, têm sido um tónico para ultrapassar com sucesso estes momentos do ano escolar, que são sempre muito delicados para toda a comunidade escolar.

Até breve!

O CCM e a ARTAVE irão realizar a 5ª série do ciclo de Recitais “35 Minutos com…” cujo tema será INTERACÇÕES NA MÚSICA – DO POPULAR AO ERUDITO”.

Regularmente, às sextas-feiras, pelas 19h15, no Auditório Padre António Vieira – Caldas da Saúde, professores, alunos com trabalho musical relevante e outros intérpretes convidados, comunicam através da música comentada, com o propósito de aproximar os alunos, os pais e os amigos à vida escolar e à cultura musical.

Os Recitais terão início a 16 de Abril e coube-me a mim e ao guitarrista Ricardo Gomes, a responsabilidade de iniciar este ciclo, com o sub-tema “O Tango em Buenos Aires: Flauta e Guitarra”.

Na sua origem, o tango está fortemente vinculado à cidade de Buenos Aires, onde surgiram as suas primeiras interpretações, realizadas pelo povo imigrante desta cidade, que com eles traziam géneros e ritmos musicais provenientes de outros países e continentes.

Em meados do século XX, o tango ganha expressão nas composições de Astor Piazzolla, que assume uma certa teorização do tango, criando uma forma mais académica, com novas sonoridades. E se por um lado isto desperta a desconfiança dos puristas e intérpretes de tempos anteriores, por outro lado, inspira compositores que, com Piazzola, contribuem para o desenvolvimento de um novo tango, que incorpora as sonoridades do jazz e da música clássica, num estilo mais experimental.

Entre os compositores influenciados por Piazzola, encontra-se Máximo Diego Pujol, ambos com uma forte ligação à cidade de Buenos Aires e ao tango, evidenciada na obra musical de ambos.

Relativamente às obras História do Tango e Suite Buenos Aires, pode-se dizer que tem em comum o facto de descreverem simultâneamente o Tango e a Cidade de Buenos Aires: a primeira, temporalmente e a segunda, no espaço.

PROGRAMA

História do Tango – Astor Piazzola (1921 -1992)

Bordel 1900 – Molto Giocoso

Café 1930 – Ad lib. (Romantica)

Night Club 1960 – Deciso

Concert d´aujourd´hui – Presto (molto rítmico)

Suite Buenos Aires – Máximo Diego Pujol (1957)

Palermo – Andante

San Telmo – Allegro Moderato

Flauta – MARCO PEREIRA

Guitarra – RICARDO GOMES

Comentador – NUNO JACINTO

Concerto Santa Cecília

Novembro 20, 2009

Bruce Craig Roter

Não são poucas as vezes em que me ocorre voltar a este espaço, para partilhar os meus pensamentos, ideias e escolhas,  expectante de que possam ser úteis a quem os tome como exemplo a seguir, ou pelo contrário, como percurso a evitar. O tempo, tem sido escasso para fazer face a todos os desafios e responsabilidades que a vida me coloca, mas por outro lado, estimula a minha capacidade de organização, dedicação e motivação. Desta vez, e nos poucos minutos que encontrei na corrida frenética de mais um dia, resolvi cá voltar para publicitar um concerto, que tem merecido a minha atenção nas últimas semanas. Trata-se de um concerto comemorativo do dia de Santa Cecília, organizado pelo Conservatório de Música da Maia, onde terei a oportunidade de partilhar o palco do Fórum da Maia, no próximo dia 23 (Segunda-Feira), pelas 21h30, com alguns professores e alunos deste conservatório, onde trabalho desde 2005.

Villa-Lobos

Villa-Lobos

Serão interpretadas obras de compositores como Boccherini, Abril, Resanovic, Hindemith, entre outros. No que diz respeito às obras nas quais estou envolvido, nomeadamente, Choro nº 2 de Villa-Lobos para flauta e clarinete e sonata para flauta e percussão de Bruce Craig Roter, que interpretarei com a clarinetista Luísa Marques e com o percussionista Paulo Costa, realço dois aspectos que poderão motivar a vossa deslocação até à cidade da Maia: A primeira obra referida, relembra o compositor Heitor Villa-Lobos, homenageando-o no ano em que se comemoram 50 anos após a sua morte. Em relação à segunda obra, esta está repleta de contrastes, num verdadeiro desafio para estes intérpretes, que segundo palavras do próprio compositor, deverão ser os primeiros a tocar esta obra em Portugal.

Até breve!

Bruce Craig Roter: Sonata para flauta e percussão: Movement II, Flute and Marimba: Yvonne Chavez Hansbrough, Flauta, Robert Hansbrough, Percussão

master-class-flautaEntre os dias 28 e 30 de Março, orientarei um curso de aperfeiçoamento de flauta na cidade de Baião. Esta iniciativa levada a cabo pela Banda Marcial de Ancede e cujo convite muito me lisonjeia, surge no seguimento dos cursos orientados pelos Professores Iva Barbosa (Clarinete) e Jorge Almeida (Trompete) em 2006 e 2007, respectivamente, o que aumenta  a minha expectativa e responsabilidade.

Integrado no referido curso, realizarei no fim de tarde do dia 28 de Março (18h30) um recital em duo com o guitarrista Ricardo Gomes.

Todos os interessados poderão analisar as condições do curso no link em anexo.

Conto com a vossa presença…

Até breve 🙂

Panfleto de inscrição